Servidores de Natal protestaram pela manhã

Na capital do Rio Grande do Norte, cerca de 80 servidores do Detran, junto com 20 apoiadores – despachantes, pequenos comerciantes e população que passava pelo local – realizaram um ato em frente à sede do Departamento de Trânsito. A manifestação foi definida em assembleia e durou das 8h às 10h.

No início das atividades, houve um café da manhã. O sindicato contratou tendas e cadeiras e alguns ingredientes para o lanche. Os servidores também contribuíram com os lanches.

O protesto foi contra o desemprego e defendeu a criação, pelo governo Lula, de uma medida provisória que proteja os trabalhadores do desemprego. A luta pela reestatização da Embraer e a reintegração dos demitidos, a defesa dos serviços públicos e dos acordos com o funcionalismo também foram pontos tocados no ato.

Os manifestantes também exigiram a realização urgente de concurso público para o Detran, acordo feito com o governo e que está aguardando a assinatura da governadora Wilma de Faria (PSB) no despacho que autoriza a publicação do edital.

O ato foi coordenado pela Conlutas, Sinai, Fenatran, Astran e OLT/Detran. À tarde, houve novo protesto.