Roriz não cumpre promessa e funcionalismo de Brasília retoma greve

No dia 10 de março, os trabalhadores da Novacap retomaram a greve, agora por tempo indeterminado. A greve havia sido suspensa na segunda quinzena de dezembro, atendendo a um pedido do governador Joaquim Roriz, que comprometeu-se em estender 58% de reajuste para todos os trabalhadores.

De lá para cá, o governo vem empurrando as negociações da Novacap, Codeplan, SAB e Emater com a barriga. Na última rodada de negociação da Novacap, em plena data-base, o governo do Distrito Federal ofereceu um aumento de R$ 0,50 no auxílio-alimentação e a prorrogação do ACT até o dia 31 de março. Isso provocou grande indignação na categoria, pois, como se não bastasse, o governador ainda resolveu entrar de “férias“.

Esta atitude não só caracteriza a falta de respeito do governo com os trabalhadores da Novacap, mas também o descaso com os servidores públicos do DF.

No dia 20 de março, às 10 horas, na Praça do Buritir, haverá um ato público em defesa do serviço público e pelo atendimento das reivindicações dos trabalhadores.