PSTU terá programa de TV no dia 15

Na próxima quinta-feira, dia 15 de janeiro, às 20h30, o PSTU estará na TV e no rádio, exibindo o seu programa semestral, de cinco minutos. O programa deste semestre será dedicado à crise econômica e os impactos entre os trabalhadores. O partido irá mostrar que, apesar do discurso do governo, a crise já é uma realidade no Brasil, com redução da produção, férias coletivas e dezenas de milhares de demissões.

O partido irá apresentar seu programa contra a crise, que parte da exigência de nenhuma demissão, estabilidade no emprego e estatização das empresas que demitirem. “Também usaremos nosso tempo na TV para denunciar a ajuda que o governo Lula está dando aos bancos e empresas. As empresas e multinacionais lucraram muito nos últimos anos e tem condições de manter os trabalhadores, sem demitir ou retirar direitos. Dar dinheiro para um Bradesco ou para a Vale serve apenas para garantir os lucros”, afirma Zé Maria, presidente do PSTU.

Nos cinco minutos de programa, a idéia principal é de que os ricos paguem pela crise. A campanha dos sindicatos e da Conlutas terá espaço no programa, que irá mostrar a paralisação de Itabira (MG), contra as demissões na Vale, e as iniciativas dos metalúrgicos de São José dos Campos.

Em meio à crise do capitalismo, o partido irá afirmar a atualidade do socialismo. “Que sistema é esse, que não tem dinheiro para combater a fome no mundo, mas envia 8 trilhões de dólares para as empresas”, afirma Zé Maria. “O socialismo é a única alternativa contra a barbárie capitalista, suas crises e guerras”, completa.

O programa termina com uma homenagem ao povo palestino e a denúncia do genocídio que Israel está promovendo na Faixa de Gaza. O partido defende a retirada imediata das tropas e o fim do Estado de Israel.

Programa Semestral do PSTU
Dia 15 de janeiro
20h no rádio
20h30 na TV