Estamos consternados com a notícia do falecimento de nosso camarada dirigente partidário e sindical Clarckson Messias Araújo do Nascimento, ocorrida  neste 7 de abril, em decorrência de um ataque cardíaco.
Clarckson era um socialista revolucionário, dirigente do PSTU Sergipe, do Sindipetro Alagoas/Sergipe e da Federação Nacional dos Petroleiros – FNP. Ele estava afastado de suas atividades devido a problemas de saúde. No último período, porém, houve certa melhora no seu quadro. A notícia de sua morte abala a todos nós, que militamos ombro a ombro com o camarada, construindo juntos a luta pelo socialismo.
Resta-nos agora render todas as homenagens e levar adiante o seu legado. Manter viva a memória de Clarckson lutando sob os princípios que sempre nortearam sua trajetória: a defesa intransigente dos trabalhadores/as; a defesa da independência de classe de suas organizações políticas e sindicais; o internacionalismo proletário; a solidariedade de classe; a luta pelo socialismo.
Clarckson cumpriu um papel fundamental nos rumos da categoria petroleira e dos trabalhadores do Brasil. Passou 44 anos de sua vida como trabalhador da Petrobrás. Começou a militar ainda durante a ditadura militar. Em todos esses anos manteve-se na linha de frente da defesa da soberania nacional, contra as privatizações e por uma Petrobrás 100% estatal, controlada pelos trabalhadores.
Na defesa da independência de classe e de um mundo socialista, Clarckson rompeu com PT, e passou a construir o PSTU, quando da fundação do partido. Foi parte decisiva para que o Sindipetro AL/SE fosse vanguarda na construção da FNP e da CSP-Conlutas, novas ferramentas que surgiram contra a conciliação de classes.
Neste momento de imensa dor, nos solidarizamos com sua esposa, filhos, familiares e amigos. Colocamo-nos à disposição para atravessarmos juntos este momento difícil. Aos amigos e companheiros de luta, simpatizantes e filiados do PSTU Sergipe, agradecemos a solidariedade e homenagens.
Clarckson nos fará muita falta! Honraremos seu legado, mantendo sua luta pela construção da independência de classe e por um mundo socialista! Que seja exemplo para todas as gerações!
Clarckson, presente!
Até o socialismo, sempre!