PSTU lança pré-candidatura de Zé Maria em Porto Alegre nesta sexta

Evento acontece a partir das 19h no auditório da Escola Técnica ParobéO PSTU lança o nome do metalúrgico José Maria de Almeida, o Zé Maria, como alternativa para a eleição de 2010. O lançamento da pré-candidatura em Porto Alegre será nesta sexta, 20, às 19h, no auditório da Escola Técnica Parobé, que fica na avenida Loureiro da Silva, 985. Na próxima semana, Zé Maria participa de atos de lançamento em mais quatro capitais: Belém, Fortaleza, Recife e Belo Horizonte.

Em São Paulo, o lançamento nacional aconteceu na sexta-feira, 13. O evento reuniu 500 pessoas. No Rio, foi ontem, 17, e reuniu 400 pessoas. Em ambos, um dos principais temas foi a polêmica aproximação entre PSOL e Marina Silva.

O PSTU lança Zé Maria, um operário socialista, como alternativa a Dilma, Serra e Marina. O partido chama o PSOL e o PCB para formar uma Frente de Esquerda com um programa socialista. “Para defender os trabalhadores, é preciso romper com o imperialismo, expropriar as multinacionais e os bancos. Só assim haverá saúde e educação gratuitas e de qualidade, salário e emprego”, afirma Zé Maria.

O PSTU continua propondo ao PSOL e ao PCB a formação de uma frente. Infelizmente, o PSOL não assume um programa socialista ao seguir defendendo coligações com partidos burgueses, como o PV.

Em Porto Alegre, nas eleições municipais de 2008, o PSOL já se coligou com o PV, além de receber dinheiro da Gerdau para a campanha de Luciana Genro. O episódio foi motivo de inúmeros protestos dentro do próprio PSOL.

Uma pré-candidatura de classe e de raça
Em Porto Alegre, o evento acontece no Dia da Consciência Negra. A data marca a morte do líder negro de Zumbi dos Palmares há 314 anos. A luta contra o racismo, bem como contra a toda forma de opressão a negros, negras, mulheres e homossexuais, é parte do programa do PSTU.

“Um candidato dos trabalhadores nas eleições de 2010 tem um desfio, que é apresentar um programa para o povo, negro coisa que o governo Lula não fez”, diz Vera Rosane, militante de Porto Alegre e membro da Secretaria de Negros e Negras do PSTU . “E o pior é que este governo ganhou para sua política as direções conciliadoras do movimento negro, que acabam legitimando as traições de Lula”, conclui.

Às 14h, o partido participa da Marcha Zumbi que, este ano, vai se juntar com a Marcha dos Sem. A concentração será no Gasômetro, no centro da capital.

LEIA TAMBÉM:

  • AGENDA: Saiba quando e onde será os próximos atos
  • Dez motivos para apoiar Zé Maria