PSTU do Paraná entra com Ação Popular contra aumento dos deputados estaduais

O ato em Curitiba teve início às 11h no Tribunal de Justiça do Paraná e contou com a presença de Avanilson Araújo, advogado e ex-candidato ao governo do Estado. Junto com ativistas, Avanilson protocolou em nome do PSTU do Paraná uma ação popular contra o aumento dos deputados estaduais.

No Paraná, os deputados têm seus salários automaticamente aumentados segundo a lei nº 15433/07 que autoriza o reajuste em 75% do salário dos deputados federais. O mesmo acontece com as câmaras municipais.

Após protocolarem a ação popular, os manifestantes seguiram em direção à Assembleia Legislativa, onde ocorria a posse dos deputados. A chamada “Casa dos Paranaenses” foi palco de inúmeros escândalos de corrupção no ano passado. Salários de “fantasmas” serviam para o desvio do dinheiro. Além dos envolvidos saírem impunes e se reelegerem, agora terão seus salários aumentados de R$ 12.384 para R$ 20 mil.

As manifestações continuarão com panfletagens na Rua XV e no centro da capital, e uma banca para recolher assinaturas da população para pressionar o TJ a julgar a ação popular contra o aumento. Além disso, é preciso exigir um reajuste do salário mínimo, que aumentou 6% enquanto o dos deputados, 62%.

Nesta terça-feira, 1º, também aconteceram assembleia de greve dos vigilantes do estado, que, dentre outras reivindicações, querem um aumento salarial. Nada mais justo que trabalhadores lutem pelo aumento de seus salários.

DEU NA IMPRENSA

  • Clique para escutar a notícia na rádio CBN Curitiba (.mp3)