Professores realizam seminário em Porto Alegre

Professores debateram conjuntura e rumos da educação
Eunice Couto

Nos dias 10 e 11 de outubro, no Salão de Atos do CPers-/Sindicato, em Porto Alegre (RS), aconteceu o II Seminário da Democracia e Luta, o qual contou com a participação de militantes da corrente sindical oriundos de várias regiões do estado. Democracia e Luta é uma corrente sindical de professores da qual ativistas da Conlutas e do PSTU fazem parte.

Os trabalhos tiveram início na manhã de sábado, com uma análise da atual conjuntura política nacional e reorganização, a qual abordou a ilusão vivida pela população brasileira com o governo federal – eleito como uma alternativa para o povo – que governa seguindo os princípios neoliberais do capitalismo, retirando direitos dos trabalhadores. No entanto, os discursos e o alto investimento em publicidade mantêm o engano a boa parte da classe trabalhadora.

Durante a tarde, estendendo-se até o início da noite, foram abordados temas referentes às “Políticas públicas para a educação e a que escola queremos”, seguido da análise da “Conjuntura estadual” e “Plano de Carreira e Piso Salarial Nacional para o magistério estadual do RS”.

Na manhã de domingo foram retomados os trabalhos com uma apresentação sobre “Educação e Opressões”. O trabalho mostrou uma retrospectiva do processo de ensino, desde o seu início na história brasileira, abordando as opressões de gênero e raça, que se perpetuam até nossos dias.

À tarde, o tema abordado foi “Agentes educacionais – funcionários de escola e trabalhadores contratados”, mostrando as inúmeras dificuldades enfrentadas por esses profissionais que têm seus direitos ainda mais ameaçados, seja por questões de saúde, seja pela ausência de estabilidade, deixando-os a mercê de inúmeras situações críticas, inclusive assédio moral.

Para finalizar os dois dias de atividades, foi discutida a proposta de calendário da corrente e realizada avaliação dos trabalhos que apontam para resultados muito positivos, incluindo a organização do segundo número da Revista “Democracia & Luta na Educação”.