DCE da UFC volta à luta

Nos dias 29 e 30 de setembro e 1º de outubro aconteceram as eleições para o Diretório Central de Estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC). A chapa 1 (Da Luta não me retiro), formada por independentes e militantes do PSOL e do PSTU, venceu com 3.370 votos.

A chapa 2, (Por amor à UFC), formada por militantes do PCdoB, PDT, PT e independentes, ficou em segundo com 3.016 votos. A chapa 3 (Rebele-se), composta por membros da UJR e independentes, ficou com 330 votos.

Finalmente, após três anos de DCE nas mãos da direita e de forte apatia na UFC, pode-se dizer que, hoje, mais um DCE foi retomado para a esquerda, reflexo de mobilizações como a luta contra o Reuni. A despeito da desconfiança de alguns setores, o PSTU mostrou o compromisso que tem com o movimento, construindo ativamente a unidade na chapa.

Enfim, agora é que começa o desafio: fazer existir outra vez um DCE para os estudantes, em cada sala, corredores, CAs, DAs. Antes de tudo, que nossa política e prática se distanciem cada vez mais do burocratismo e do reformismo e se aproxime mais do horizonte revolucionário, que não teme defender uma posição radicalizada para defender os interesse dos estudantes e trabalhadores.

Que os votos sejam devolvidos com lutas!