Preparar os encontros estaduais da Conlute

`ColunaNo dia 17 de junho, ocorreu em Brasília a primeira reunião da Coordenação Nacional de Lutas dos Estudantes (Conlute), criada no Encontro Nacional contra a Reforma Universitária de Lula & FMI, no Rio de Janeiro.

A reunião contou com a presença de 27 entidades, entre secundaristas e universitárias, que encaminharam os próximos passos da Campanha contra a Reforma Universitária.

De acordo com o calendário deliberado no Encontro Nacional, serão organizadas “calouradas” nos estados, cujo centro do debate será a luta contra a reforma. De 9 e 14 de agosto, a Coordenação organizará uma grande semana de lutas que abarque todos os estados, fazendo tremer as universidades de norte a sul contra a reforma.

Além disso, a organização de Encontros Estaduais será uma das principais tarefas no segundo semestre. O objetivo é ampliar a participação de estudantes e entidades na luta contra a reforma, organizando os que ainda não entraram na campanha. Isso a partir de um grande Plebiscito Nacional, a exemplo do que foram os plebiscitos da Alca e da Dívida Externa.

É necessário ressaltar que a primeira tarefa aprovada pelo Encontro Nacional, a participação do dia 16, em Brasília, foi um sucesso. Os estudantes marcaram presença com criatividade e luta, realizando um ato em frente ao Ministério da Educação e Cultura (MEC) e participando com destaque na passeata.

Os próximos passos devem ser organizados com a mesma garra. É necessário encaminhar as lutas contra a reforma Universitária, já que a UNE passou definitivamente para o lado do governo e se recusa a lutar.

Post author Júlia Eberhardt, diretora da UNE – Oposição
Publication Date