Porque entrei no PSTU

“Abandonei o PT em 1999, quando os deputados federais do partido (…) contribuíram para a aprovação de um projeto de lei que instituiu a gratificação de estímulo à docência (GED). A partir daí descobri que o PT não era um partido resgatável, não era socialista como anunciado na década de 80 e a partir da posse de Lula descobri que o projeto seria o da ‘Terceira Via’, parceira do neoliberalismo. Como sou socialista, não acredito em reformas de Estado; como acredito que a única saída é a revolução, mesmo não sendo ainda um trotskista, entrei no PSTU.

Com relação à greve dos servidores contra a reforma da Previdência, acho que ela está desempenhando um papel histórico, pois está mostrando a verdadeira face do governo neoliberal-conservador e reformista do Lula.”

Aloízio Soares Ferreira, 52, professor da Universidade Federal de Viçosa (MG)

Post author
Publication Date

SHARE
Artigo anteriorNasce o PSTU Atikum
Próximo artigoO Rio faz a festa