Por um novo Vietnã no iraque

Vamos retomar as manifestações em todo o mundo e transformar a ocupação do Iraque em uma derrota imperialistaJá é muito comum, dentro e fora dos Estados Unidos, comparar a situação no Iraque com a da guerra do Vietnã. Com término em 1975, essa foi a primeira derrota militar na história do imperialismo ianque. Até dirigentes imperialistas de primeira linha, como o senador democrata Edward Kennedy, utilizam essa comparação. Todos os elementos que se deram no Vietnã (forte resistência no país invadido, crise e divisão do exército imperialista, repúdio internacional, crise política interna etc.) estão presentes no Iraque, em maior ou menor grau.

Desde já, nós, da Liga Internacional dos Trabalhadores (LIT-QI), dizemos: “Vamos a um novo Vietnã”, ou seja, vamos impor uma nova derrota militar ao imperialismo ianque, derrota que favorecerá a luta dos trabalhadores e povos do mundo.
Por isso, acreditamos ser imprescindível retomar imediatamente as lutas internacionais em repúdio à ocupação imperialista e aos seus métodos. Devemos reiterar nossa solidariedade à resistência do povo iraquiano.

Fazemos um chamamento à coordenação internacional que convocou as jornadas contra a guerra e a todas as organizações que se reivindicam democráticas e anti-imperialistas, às centrais sindicais e as às organizações de direitos humanos. Vamos retomar a luta em defesa do povo iraquiano e contra o imperialismo, já!

Todo apoio à resistência do povo iraquiano!

Iraque para os iraquianos!

Fora as tropas imperialistas do Iraque!

Post author Correio Internacional
Publication Date