Pinheirinho faz marcha na terça-feira e se incorpora ao “Abril Vermelho”

Os sem-teto do Pinheirinho, ocupação na Zona Sul de São José dos Campos, SP, fazem nova marcha pelas ruas da cidade na próxima terça-feira, dia 17. O protesto engrossará o chamado “Abril Vermelho”, movimento encabeçado pelo MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), que reivindica do governo Lula nova política com relação à distribuição de terras no país.

“Enquanto o MST faz protestos e paralisações em todo o país, nós, do Pinheirinho, também vamos soltar a nossa voz fazendo um apelo por moradia e dignidade em nossa região. Apoiamos a luta do MST e vamos levantar também as bandeiras das reformas urbana e rural”, disse um dos líderes da ocupação, Valdir Martins, o “Marrom”.

A situação da ocupação Pinheirinho continua incerta. As 1.200 famílias que residem no local há mais de três anos enfrentam ações na Justiça que pedem a reintegração de posse. O terreno, que estava abandonado havia 30 anos, é reivindicado pelo megaespeculador Naji Nahas.

Marcha
Segundo Marrom, a marcha dos sem-teto vai se concentrar na Zona Sul da cidade. Ele espera contar com a participação de, no mínimo, mil pessoas.