Passeata contra assassinato de mulheres reúne 250 mil no México

Reivindicando mais segurança para a população e contra a corrupção no setor de segurança do Estado, 250 mil pessoas se reuniram no dia 28 de junho na praça Zocalo, onde fica o Palácio de Governo, e depois participaram de uma missa feita em homenagem às mulheres mortas de Juarez. Esta pequena cidade operária, no interior do México, tem sido palco do sequestro e assassinato de mulheres que trabalham nas maquilas. O Movimento das Mães das Assassinadas em Juarez afirma que cerca de 300 mulheres foram estupradas e executadas até o momento.

A surpreendente passeata na Cidade do México obrigou o presidente Vicente Fox a se pronunciar sobre a violência no país.