Participe! Campanha nacional em solidariedade às vitimas das enchentes

Doações podem ser feitas no Banco do Brasil ou nas sedes da CSP-Conlutas do Rio e sindicatosA campanha de solidariedade às vitimas se iniciou nesta segunda-feira (17). Diversas entidades e organizações estiveram presentes na sede da CSP-Conlutas no Rio de Janeiro para discutir iniciativas concretas de apoio e solidariedade às vítimas das enchentes.

Presente na reunião, o membro da Secretaria Executiva Nacional e diretor do Sindsprev-RJ, Manuel Crispim, informou que diversas iniciativas foram definidas para consolidar uma Campanha Nacional em apoio à população que perdeu tudo em decorrência das chuvas. “Montamos postos de arrecadação de donativos às vitimas das enchentes na sede da CSP-Conlutas e nos sindicados como, Sindsprev RJ e Sepe RJ”, informou, acrescentando que o objetivo é de que estes postos sejam expandidos para todos os sindicatos filiados à Central no Rio de Janeiro.

Segundo Crispim, alimentos não perecíveis, produtos de higiene, roupas, são produtos que as pessoas mais necessitam neste momento.

Nesta quarta-feira (19) haverá uma nova reunião no Sindsprev RJ, às 17h, para articular todas estas ações de maneira mais ampla. Além disso, uma frente parlamentar será formada para fiscalizar se os recursos que o governo sinalizou em disponibilizar para as vitimas destas tragédias, estão sendo devidamente repassados. “Estamos também vendo a possibilidade de entrarmos com uma ação civil responsabilizando o estado por esta catástrofe”, informa Crispim.

No dia 20 de janeiro, um comboio com todos os donativos será levado até as vitimas da região serrana do Rio, começando por Nova Friburgo. Paralelamente à entrega dos donativos, uma carta será entregue à população denunciando os verdadeiros responsáveis pela tragédia. Está comprovado que desde 2008 o Governo do Rio de Janeiro já sabia da hipótese dessa catástrofe, inclusive da vulnerabilidade a qual estava submetida a região serrana. Mesmo assim, não houve investimento em políticas de prevenção e muito menos, na organização de planos de emergência e alerta ante as perspectivas de precipitação de grandes volumes de chuva.

A carta também exigirá que o estado disponibilize mais recursos humanos às vitimas, como médicos e bombeiros; que os hospitais de campanha cheguem até os locais mais isolados; reivindicar a utilização dos hotéis para o abrigo dessas pessoas; suspensão de tarifas públicas no período de um ano, entre outras medidas.

Também presente na reunião, o membro da Secretaria Executiva Estadual da CSP-Conlutas/RJ, Cyro Garcia, ressaltou a importância de todas estas ações. “A classe trabalhadora é muito solidaria, o problema é que grande parte destas campanhas são feitas por instituições burguesas propensas a corrupção. A nossa idéia de fazer uma campanha classista, em parceria com os movimentos sociais, para termos a garantia de que os donativos cheguem ao seu destino”. Além disso, haverá uma campanha de arrecadação de dinheiro para subsidiar ajuda às famílias.

Em São Paulo, esta terça-feira, às 18h, ocorre uma reunião para organizar a campanha no Estado. O objetivo é envolver todas essas entidades numa campanha de arrecadação e ainda viabilizar contribuições materiais imediatas. No estado há várias áreas atingidas que têm referências e organização em movimentos que são filiados a nossa central, como TL (Terra Livre) e MTST, assim buscaremos concretizar a entrega de donativos também para estas regiões.

VEJA COMO AJUDAR AS VÍTIMAS DAS ENCHENTES

Conta para depósito:
Banco do Brasil
Titular: Associação Coordenação Nacional de Lutas
Agência: 0249-6
Conta poupança: 38194-2
Variação: 91

Obs: Não esquecer que a conta é poupança e é preciso colocar variação 91.
Enviar cópia do comprovante do depósito para: cspconlutas-rj@cspconlutas.org.br

Postos de coleta no Rio de Janeiro:
Sede da CSP-Conlutas RJ
Rua Teotônio Regadas, 26, sala 602, Lapa, Rio, Rio de Janeiro – RJ

Sindsprev-RJ
Rua Joaquim Silva, 98-A, Centro – Rio de Janeiro – RJ
Obs: para saber se existem postos de coletas das regionais deste sindicato entre em contato pelo telefone: (21) 3478-8200

Sepe-RJ
Rua Evaristo da Veiga, 55 – 8º andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Obs: para saber se existem postos de coletas das regionais deste sindicato entre em contato pelo telefone: (21) 2195-0450