Para Mudar Minas Gerais !

Para mudar Minas Gerais e o Brasil, e acabar com o desemprego e a fome, é preciso, entre outras medidas, romper com o FMI, não pagar a dívida interna e externa, impedir a ALCA.

A População estimada de MG é de 18 milhões de habitantes, concentra uma desigualdade profunda. O desemprego bateu novo recorde, só na Grande BH atingiu cerca de 450 mil pessoas. Vivemos ainda uma explosão dos índices de violência.

É lógico que não dá pra mudar nosso Estado se não mudarmos todo o país, mas Minas gerais poderia tomar medidas corajosas contra os imperialistas e a burguesia, detonando mudanças pra valer em todo o Brasil.

Fazer a reforma agrária

O Estado tem inúmeros e enormes latifúndios e uma legião de sem-terra. Os trabalhadores da cidade têm de dar todo apoio à luta pela reforma agrária e aos sem-terra. Acabar com o latifúndio é uma tarefa urgentíssima.

Criar empregos, reduzir a jornada

Para atacar o desemprego é preciso reduzir a jornada para 36 horas semanais, sem redução dos salários. Isso pode gerar mais de 4 milhões de postos de trabalho em todo o país, uma boa parte deles em Minas Gerais. Outra medida que pode gerar empregos é um plano de obras públicas.

Romper com a ALCA e o FMI!

Redução da Jornada de Trabalho sem redução dos salários!

Reestatizar as estatais privatizadas