Organização palestina divulga pesquisa sobre mortes de civis

[31/12/2003] A Sociedade Palestina para Proteção de Direitos Humanos e Ambiente realiza um encontro em Genebra para alertar a opinião pública internacional sobre as matanças de civis palestinos. Esta organização realizou uma pesquisa sobre “mortes a sangue frio“ de civis palestinos em 2002.

O resultado encontrado foi que, em 2002, Israel tinha sido responsável pela matança de 166 políticos palestinos e, como conseqüência, tinha ferido 63 civis palestinos. A organização também levantou que, desde que a segunda Intifada começou, em 2002, morreram 2.754 palestinos e 860 israelenses.

FONTE: TV Al Jazeera 31-12-2003