No dia 28, estudantes vão defender a meia-entrada

No dia 28 de março de 1968, a ditadura tirava a vida do estudante Edson Luís, no restaurante Calabouço, no Rio de Janeiro (RJ). Desde então, a data ficou marcada como Dia de Luta dos Estudantes.

Este ano, em meio à crise, os estudantes vão lutar contra um ataque a um direito duramente conquistado: a meia-entrada. Em todo o país, a Comissão Organizadora do Congresso Nacional de Estudantes está preparando atos para enfrentar as tentativas do governo de acabar com este direito. O dia 28 de março de 2009 vai ser chamado de Dia do Não Pago.

Em janeiro de 2009, o Senado aprovou um projeto de lei que restringe a apenas 40% do total de bilhetes o direito à meia-entrada em cinemas, teatros, estádios de futebol etc. O projeto exclui do acesso à cultura milhões de jovens que não têm condições de pagar os preços altíssimos impostos pela indústria cultural aos eventos.

Um abaixo-assinado também vai percorrer o país em defesa da meia-entrada e contra o monopólio das carteirinhas pela UNE e pela UBES. No dia 30, os estudantes participam das atividades do Dia Nacional de Luta.

LEIA TAMBÉM: