No Congresso, Valério Arcary fala sobre os 15 anos do partido

Vídeo sobre os 15 anos de PSTU é exibido aos estudantes
Diego Cruz

Documentário é exibido aos estudantesNa noite do dia 12 de junho, o PSTU promoveu uma palestra sobre os 15 anos do partido, com o tema “A luta pelo socialismo e a necessidade do partido”. Valério Arcary falou sobre a história do PSTU. A palestra reuniu mais de 500 pessoas. Logo após, aconteceu a estréia do documentário “Meu partido é assim!”, em comemoração aos 15 anos.

Valério falou sobre o significado desses últimos 15 anos para a esquerda latinoamericana, que em sua grande maioria passou por um processo de adaptação ao estado burguês. Valério deu exemplos e afirmou que poucas organizações sobreviveram a este período e que uma delas é o PSTU. “Falar do PSTU é falar de resistentes, de militantes que estiveram na contra-corrente por muitos anos”.

Valério apontou as possíveis razões para a sobrevivência do partido. “Não são nossas virtudes pessoais que explicam isso”, afirmou. O primeiro motivo seria que “muito jovens, nós compreendemos que uma organização marxista tem que ter a maioria de seus membros inseridos na classe trabalhadora”. Ele conta que a decisão histórica de inserir a jovem militância na classe trabalhadora foi decisiva.

O segundo motivo seria que “a construção do projeto socialista se faz com militantes conscientes”, que “não basta uma entrega moral a um projeto, é preciso ter solidez nas idéias”. Falou sobre a preocupação constante do partido de educar seus militantes no marxismo, de ter um conjunto de militantes com grande capacidade e formação sólida.

A terceira razão para que o PSTU tenha sobrevivido ele afirma que é “porque somos parte de um projeto revolucionário que não existe só no Brasil. Somos parte de um movimento internacional, que é a Quarta Internacional”. “É saber que a revolução brasileira é parte da revolução na América Latina e que esta é parte da revolução mundial. E por sermos parte de uma internacional somos mais fortes que outras organizações”, afirmou.

“Existem aqueles que militam porque têm um coração muito grande. Existem aqueles que militam porque odeiam o capitalismo, e é também uma boa razão. Existem aqueles que militam porque são inspirados pelas grandes idéias, o que também é justo. E existem aqueles que lutam porque não podem deixar de fazê-lo, porque lhes foi entregue uma bandeira que não pode ser abandonada”“Lembrar desses 15 anos é lembrar desses camaradas que deram a vida por uma causa que ficou nas nossas mãos. Oxalá sejamos dignos dela”, encerrou.

Vídeo – O documentário “Meu partido é assim!”, produzido pelo partido, reúne depoimentos de militantes, entre eles o próprio Valério, e imagens históricas em vídeo, como cenas de encontros do Movimento Pró-PSTU, congresso da Convergência Socialista e entrevistas de arquivo. A exibição do filme, mesmo tendo início por volta das 23h, foi acompanhada com atenção total por cerca de 400 pessoas. O filme tem 30 minutos e será exibido nas atividades dos 15 anos em todo o país. O DVD do está à venda na banca do partido no congresso dos estudantes, na UFRJ. O trailer pode ser visto no especial sobre os 15 anos.