Nesta quinta, 19, ocorre ato público em defesa dos 13 perseguidos políticos do consulado do Rio

Cartaz convoca ato

Marcarão presença além de entidades, personalidades jurídicas, parlamentares e uma comissão de bombeiros em greveAcontece neste dia 19 de maio, quinta-feira, novo ato público no Rio em defesa dos 13 ativistas detidos em um protesto no consulado norte-americano em março, véspera da visita de Barack Obama ao país. Os ativistas permaneceram 72 horas presos, foram indiciados e podem responder a processo na Justiça.

O ato, convocado pela Associação Brasileira de Imprensa, é também um protesto contra a criminalização dos movimentos sociais e vai contar com várias entidades da sociedade civil e do movimento sindical. “Convidamos centrais como a CUT, CTB, além de entidades como o Jubileu Sul, Tortura Nunca Mais-RJ e Associação dos Juízes pela Democracia” , relata Cyro Garcia, presidente estadual do PSTU.

A Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ estará representada, assim como a reitoria da UFRJ e a diretoria da Faculdade de Direito da universidade. O ato terá a participação ainda do renomado jurista Marcelo Cerqueira.

Estarão presentes ainda a CSP-Conlutas, que também organiza o ato, a ANEL, o Sepe (sindicato dos trabalhadores da educação do estado) e o DCE da UFRJ. Marcará presença uma comissão de bombeiros, categoria em greve e que enfrenta a repressão e intransigência do governo estadual.

Parlamentares
Vários parlamentares estarão no ato, como o deputado federal Stepan Nercessian (PPS), o deputado pelo PSOL Chico Alencar, além dos deputados estaduais Paulo Ramos (PDT), Marcelo Freixo (PSOL) e Janira Rocha (PSOL).

Processos
O inquérito policial contra os 12 manifestantes maiores de idade detidos no protesto foi enviado ao Ministério Público, que requereu ao Consulado norte-americano as fitas das câmeras de segurança. Mas ainda não foram atendidos. Já o menor de idade detido foi enquadrado na Lei de Segurança Nacional e só não está preso devido a um habeas corpus.

Serviço
Data Dia 19, quinta-feira, às 18h
Local Sede da ABI (Associação Brasileira de Imprensa)
Rua Araújo Porto Alegre, 71, no centro