Após muita luta e com amplo apoio na sociedade, parlamentares e representante de central sindical se reuniram hoje com o governo estadual e conseguiram o compromisso de estabelecer um acordo e a chegada a uma solução para o impasse. A sede do sindicato é dos metroviários!

Em reunião nessa quarta-feira (29/9) entre os deputados federais Orlando Silva (PCdoB) e Carlos Zarattini (PT), do vereador Antonio Donato (PT), do secretário-geral da Força Sindical Juruna também representando o deputado federal Paulinho da Força (Solidariedade) com o vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) e o secretário de Projetos e Ações Estratégicas, Rodrigo Maia (sem partido), foi estabelecido um acordo que garante a suspensão da reintegração de posse e estabelece um novo contrato de concessão para a sede do Sindicato dos Metroviários.

Os parlamentares apresentaram a importância da manutenção da sede e chegaram ao acordo em que o governo do estado vai comprar o terreno do Metrô e fixar um contrato de concessão de longo prazo com o Sindicato. A reunião garantiu também a renovação do Acordo Coletivo por dois anos e a garantia da reposição da inflação, uma importante conquista dos trabalhadores que lutaram com muita força e unidade na Campanha Salarial.

Essa é uma importante vitória dos metroviários que se mobilizaram e tiveram o apoio de diversos movimentos populares, Centrais Sindicais e parlamentares. Depois de meses de lutas, ações, atividades políticas e culturais e uma forte greve chegamos a essa conquista.

Permanecemos alertas para que sejam cumpridos os compromissos com a suspensão imediata da reintegração de posse.