Manifestação do 8 de março reúne 200 no Rio

Ato saiu em passeata rumo à Cinelândia

No Rio de Janeiro, a manifestação do 8 de março começou por volta das 13h no Largo da Carioca. Ao longo da tarde, mulheres de várias entidadas dos movimentos sociais deram suas contribuições no microfone, que estava aberto, e também contou com a participação da Rapper Re-Fem. No total, passaram pela atividade cerca de 200 pessoas.

Às 18h, com uma faixa que dizia ‘Mulheres na luta contra a violência, por salário digno, direitos e pela legalização do aborto”, os manifestantes saíram em passeata, finalizando o ato público na Cinelândia.

O PSTU esteve presente defendendo mais verbas para o combate a violência às mulheres, creches públicas para as trabalhadoras e estudantes e solidariedade às moradoras e moradores do Pinheirinho. O direito ao aborto também foi um dos temas defendidos. As mulheres estão sendo atacadas pela MP 557, que cria um cadastro nacional de mulheres grávidas, abrindo a possibilidade da criminalização das mulheres que abortam.