Lula assinaria o acordo com a ALCA?

Em relação a ALCA, o programa do PT repete o mesmo argumento da FIESP: “O governo brasileiro não poderá assinar o acordo com a ALCA se persistirem as medidas protecionistas extra-alfandegárias, impostas há muitos anos pelos Estados Unidos.“
Ou seja, o programa do PT não rejeita o acordo com a ALCA em si, mas melhores condições na venda de aço, soja e suco de laranja. O que significa poder aceitar a Alca, mesmo que reduza a nada a soberania nacional. Segundo o programa de Lula, o problema não é este, mas “as medidas protecionistas extraalfandegárias“ que afetam setores da burguesia brasileira.
Esse é o motivo de fundo que levou o PT a abandonar a campanha do plebiscito contra a ALCA.
A direção do PT aposta no sentido das negociações sobre a ALCA diante de um possível governo Lula. Nós, junto com todos os milhares de ativistas que estão unidos na campanha do plebiscito, respondemos a Lula: Soberania não se negocia! Não à Alca!
Post author
Publication Date