Lançamento da pré-candidatura de Zé Maria em Minas Gerais terá transmissão online

Ato terá início às 19h desta sexta-feira, 11, em Belo HorizonteMinas Gerais encerra a primeira rodada dos atos de lançamento da pré-candidatura de Zé Maria a presidência. O ato terá início às 19h, no Sindrede-BH (Av. Amazonas, 491, 10º andar, Centro). Na ocasião, também será lançada a pré-candidatura de Vanessa Portugal ao governo de Minas, pelo PSTU.

O ato terá transmissão ao vivo, pelo portal do partido. O lançamento nacional, em São Paulo, e o do Rio de Janeiro, os primeiros a serem realizados, também foram transmitidos pela internet. Ao todo, Zé Maria percorreu seis capitais nas últimas semanas, reunindo cerca de duas mil pessoas.

Nos atos, o partido tem feito uma avaliação dos oito anos do governo Lula, voltados para as grandes empresas, bancos e multinacionais. “O governo deu R$ 131 bilhões em repasses ao agronegócio em 2008, para as transnacionais. Isso é 10 vezes mais do que gasta com o programa Bolsa Família, sua vitrine”, denunciou Zé Maria. “É possível ter salário, emprego e direitos, mas para isso é preciso romper com o imperialismo. É preciso uma saída socialista dos trabalhadores”, defendeu Zé Maria.

Para o PSTU, a candidatura de Marina Silva representa a continuidade deste modelo. Enquanto ministra, ocorreram os dois maiores retrocessos das últimas décadas: a liberação dos transgênicos e a transposição do São Francisco. “O desenvolvimento sustentável que ela propõe é uma ilusão, pois esbarra no lucro das empresas e multinacionais”, afirma.

O PSTU continua defendendo uma frente socialista, mesmo depois de o PSOL ter iniciado negociações com o PV e suas principais figuras públicas, como Heloísa Helena, terem defendido o apoio à Marina. Os atos têm sido marcados pela presença de militantes e dirigentes do PSOL, criticando a aliança com o PV e defendendo a frente.

Minas Gerais
Paulista de nascimento, Zé Maria passou grande parte de sua vida e de sua militância em Minas Gerais. Metalúrgico, dirigiu o sindicato de Belo Horizonte e Contagem e liderou a greve de ocupação da Manesmann, quando os trabalhadores controlaram a siderúrgica por sete dias.

O ato em Belo Horizonte também marca o lançamento da candidatura ao governo do estado, de Vanessa Portugal. Nascida em Boa Esperança, no sul de Minas, Vanessa se formou em Biologia pela Universidade Federal de Minas Gerais e hoje trabalha como professora das redes municipais de ensino de Belo Horizonte e Betim. É sindicalista do Sindrede (Sindicato dos professores da rede municipal) e concorreu à Prefeitura de Belo Horizonte em 2004 e 2008.