Ilaese faz debate sobre a crise nesta sexta em SP

Cartaz do debate
Reprodução

O Instituto Latino Americano de Estudos Sócio-Economicos (Ilaese) promove debate nesta sexta-feira, dia 27 de março, em São Paulo. Para falar sobre “A crise mundial e as lutas dos trabalhadores”, o instituto convidou José Welmovicki, editor da revista Marxismo Vivo, e Angel Luiz Parras, do Partido Revolucionário de los Trabajadores (PRT-IR), da Espanha.

Welmovicki irá analisar o significado da crise capitalista atual, e apresentar um programa para que os trabalhadores não paguem por ela. Já Parras fará um relato do impacto da crise nos países europeus e as lutas dos trabalhadores, como a recente greve geral na França. O dirigente do PRT, partido da Liga Internacional dos Trabalhadores (LIT-QI) irá mostrar também o impacto entre os trabalhadores espanhóis, um dos países no qual a crise chegou mais rápido e com maior intensidade.

A Espanha terminou o ano com uma taxa de desemprego de 14%, a maior da União Europeia e superior a maior parte dos países, incluindo Brasil e Estados Unidos. O desemprego, que ultrapassa os três milhões no país, atinge ainda com mais força os imigrantes e, ao mesmo tempo, reacende sentimentos de xenofobia. Parras irá apresentar a reação dos trabalhadores espanhóis, como em greves radicalizadas, como a da Nissan ainda em 2008.

O debate desta sexta, dia 27, terá início às 19h, no auditório do Sindsprev-SP, na Rua Antonio de Godói, 88, 2º andar, no Centro de São Paulo, próximo ao Largo do Paissandu.