Governo Lula em pauta

Na discussão sobre conjuntura, apareceram diferenças na avaliação do governo Lula. Vários dirigentes dizem que este é um “governo em disputa”. Os dirigentes do PSTU no setor fizeram uma avaliação oposta, afirmando que o governo está atrelado ao FMI e aliado à burguesia e, por isso, fez a opção por um caminho que ataca os trabalhadores em benefício dos banqueiros.

Essa polêmica existe em todo o país. Vários setores afirmam que as lutas não são e não podem ser contra o governo, mas contra uma parte dele. Alegam, inclusive, que o governo “é aliado” nas lutas e do que se trata é de derrotar o imperialismo, ou o latifúndio, ou o patrão de turno. Isso confunde os trabalhadores, que ficam com expectativa de que o governo poderá ceder sem luta ou, então, que estará do nosso lado.

No funcionalismo, entretanto, ninguém propôs submeter tal avaliação à votação.
Esta discussão deve ser feita com clareza, porque é preciso sempre dizer a verdade aos trabalhadores e não encobrir as reais opções do governo. Quem não sabe contra quem está lutando não pode vencer.

O mais importante, entretanto, não é a avaliação em si. O fundamental, além de votar as ações contra esse projeto, é também votar resoluções que exijam ruptura imediata do acordo com o FMI e das negociações da Alca, bem como que Lula e o PT rompam com a burguesia, expulsem os ministros capitalistas do governo e governem com e para os trabalhadores.
Post author Mariucha Fontana,
da redação
Publication Date