Frente de Esquerda faz campanha com Heloísa em Porto Alegre

A candidata da frente ao Senado, Vera Guasso, na marcha com Heloísa Helena

Heloísa Helena visitou o Rio Grande do Sul nos dias 15 e 16 de julho. A chuva e o frio não impediram as atividades da campanha da Frente de Esquerda, em Porto Alegre e quase toda a região metropolitana. Heloísa foi recebida no aeroporto por dezenas de militantes e pelos demais candidatos da coligação. A candidata ao Senado pela Frente, Vera Guasso (PSTU), e os candidatos ao parlamento participaram das atividades.

No mesmo dia, um dos principais jornais do estado publicou uma pesquisa que apontava 9,9% de intenções de voto em Heloísa Helena. Na grande Porto Alegre, esse número sobe para 14%, segundo a pesquisa. Vera Guasso aparece em quarto lugar entre 10 candidatos, com 2,1%.

Na cidade de Viamão, primeira parada da campanha, Heloísa destacou a necessidade de redução da taxa de juros e a implementação de medidas econômicas que aumentem a renda dos pobres. Falou, ainda, sobre a grave crise econômica que atravessa o estado e que levou a milhares de demissões de trabalhadores em segmentos industriais importantes.

As atividades foram marcadas pela energia e empolgação. Bandeiras do PSTU, do PSOL e do PCB se misturavam refletindo o sentimento do setor mais consciente da classe trabalhadora, que compreende a importância da Frente.

O candidato a deputado estadual pelo PSTU, Julio Flores, disse que “a Frente de Esquerda tem uma importância crucial nesse momento, em que só se apresentam saídas burguesas”.

Grande destaque tiveram os discursos de Vera Guasso, que ressaltou a importância de construir a unidade da esquerda não só para as eleições, mas principalmente para as lutas. Em Viamão, Vera chegou a ser interrompida por aplausos quando falou que Lula e Alckmin são iguais. O candidato a governador, Roberto Robaina, do PSOL, responsabilizou os governos anteriores do PMDB e do PT pela crise financeira do estado. Ele defendeu o não pagamento da dívida com a União.

Guerra aos senhores…
No dia 16, a Frente de Esquerda, com a presença de Heloísa Helena, realizou caminhada pelo Brique da Redenção, lugar histórico de Porto Alegre. Diversas pessoas que passeavam pelo local manifestaram apoio às candidaturas da Frente.
Partidos da burguesia também faziam campanha no Brique. Alguns, como as “velhas raposas” gaúchas Alceu Collares (PDT), Pedro Simon (PMDB) e Yeda Crusius (PSDB), chegara, inclusive, a trocar gentilezas com Heloísa, num ato de pura demagogia. A base militante que estava presente, entretanto, cantava palavras-de-ordem contrárias, demonstrando que a Frente é uma alternativa à oposição burguesa e a Lula, há muito tempo iguais nos ataques e na corrupção.

A Frente e seus candidatos têm de se opor aos políticos corruptos e neoliberais. Os cumprimentos devem se dirigir aos lutadores e trabalhadores e não àqueles que os exploram.

Post author
Publication Date