Freedom Socialist Party envia nota contra expulsão do carro da Conlutas na Parada GLBT

Representante de organização dos EUA “nunca tinha ouvido falar de um incidente similar, onde os organizadores de uma Parada do Orgulho Gay chamaram as forças de repressão”
à Associaçao da Parada do Orgulho GLBT

Prezados senhores e senhoras,

Estou escrevendo em nome do FSP para expressar nossa preocupação e protesto em relação ao brutal ataque policial ao GT GLBTT da Conlutas, na XII Parada do Orgulho GLBTT, realizada em 25 de maio, em São Paulo.

Primeiro, sua organização tentou vergonhosamente vetar reivindicações políticas. Então, quando a Conlutas protestou contra esta política absurda, vocês chamaram a polícia para espancar selvagemente e prender bravos sindicalistas e defensores dos direitos gays.

O movimento gay e lésbico moderno veio à tona em protestos de rua, aqui em Nova York, contra o assédio policial em 1969. Desde então, eu nunca tinha ouvido falar de um incidente similar, onde os organizadores de uma Parada do Orgulho Gay chamaram as forças de repressão para bloquear a participação de um grupo de manifestantes.
Suas ações são responsáveis por criar um vergonhoso incidente na luta internacional por direitos gays e lésbicos – um exemplo que deve ser denunciada por todos que defendem liberdade e igualdade e que se opõe à censura e à violência policial.

Desde sua origem, o movimento gay e lésbico tem sido um dos mais abertos à participação de todos os movimentos sociais, porque, gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e travestis ainda são os mais excluídos e discriminados entre todos os grupos oprimidos mundo afora. Sua aliança com a Polícia Militar mostra um completo desprezo aos propósitos e objetivos da luta internacional por direitos gays.

Além disso, suas ações no domingo passado foram perigosas e irresponsáveis. Eu tenho certeza que sua organização deve saber que as forças policiais, em todos lugares, são notoriamente conhecidas por abrigar homofóbicos, racistas e sexistas fanáticos.

Suas tentativas de justificar seu veto à Conlutas no domingo passado somente ratificam seus erros. Eu solicito que você mudem seu curso e encontrem formas para ajudar aqueles que foram feridos e presos como um resultado de seu próprio preconceito e seu lamentável julgamento.

Sinceramente,

Stephen Durham
for the FSP National Committee
Freedom Socialist Party (USA)

LEIA TAMBÉM
Associação da Parada do Orgulho GLBT, Prefeitura e Governo do Estado de são Paulo: intolerância na comemoração do Orgulho Gay