Fora Arruda, Paulo Otávio e deputados corruptos da Câmara Distrital!

Um importante dirigente do DEM, o governador do Distrito Federal (DF), José Roberto Arruda, foi flagrado num grande esquema de corrupção. De acordo com a Polícia Federal, Arruda chefiava um esquema de desvio de recursos públicos para financiar sua campanha ao governo do Distrito Federal. O esquema ainda teria sido mantido para a compra de votos na Câmara Legislativa do DF após sua eleição para o governo.

Na noite de sábado, emissoras de TV exibiram imagens de Arruda recebendo um maço de dinheiro das mãos do então presidente da Codeplan (Companhia de Desenvolvimento do DF). O esquema envolve ainda deputados da Câmara Distrital e o vice-governador, Paulo Octávio, Segundo a Polícia Federal, Paulo Octávio receberia 30% da propina arrecadada pela empresa Infoeducacional.

O PSTU do Distrito Federal publicou nota denunciando o esquema de corrupção e chama o Fora Arruda, de seu vice e dos deputados da Câmara Distrital. Confira.

Fora Arruda, Paulo Otávio e deputados corruptos da Câmara Distrital!

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e a Polícia Federal revelaram um esquema de corrupção que envolve o governador, o vice-governador, o presidente da Câmara Legislativa, secretários de governo e do Tribunal de Contas do Distrito federal, deputados distritais, assessores e empresas. Órgãos de imprensa divulgaram e divulgam fartos documentos e filmes que revelam os envolvidos.

Um esquema que desvia dinheiro público para empresas privadas e membros do governo em detrimento dos necessários investimentos públicos, prejudicando os trabalhadores e a população do Distrito Federal (DF).

A corrupção se espalha pelo aparelho do Estado e atinge suas principais instituições. As denúncias demonstraram mais uma vez que o Estado desvia verbas para as empresas privadas e não atende as reivindicações dos funcionários públicos e trabalhadores do DF.

Desvia dinheiro dos serviços públicos para os empresários, enquanto os trabalhadores do sistema carcerário do DF estão com greve marcada para terça-feira, diante da intransigência do governo em conceder reajustes salariais e melhores condições de trabalho.

Esse esquema de corrupção vem se arrasta há vários governos. O secretário responsável por gerenciar o esquema fez parte do alto escalão do governo Roriz e existem várias condenações na justiça contra ele por corrupção. Esse mesmo personagem foi mantido por Arruda e pelas empresas para continuar operando o esquema, através de licitações fraudulentas, contratos de terceirização, levando à privatização do Estado em benefício dos empresários.

O PSTU faz um chamado a todos os trabalhadores a construir uma grande mobilização para derrubar os corruptos. O PSTU se dirige a todas as organizações sindicais, populares e estudantis; às Centrais Sindicais CUT, CTB e Conlutas; aos partidos comprometidos com as reivindicações dos trabalhadores, às entidades da sociedade civil para que, conjuntamente organizemos um ato público exigindo imediatamente o Fora Arruda e Paulo Otávio do governo!

Para nós, do PSTU, só a ação direta do movimento dos trabalhadores, só a mobilização das entidades estudantis e populares pode conseguir a saída imediata do governo Arruda. A Câmara Distrital, com uma bancada majoritariamente governista e diretamente envolvida no esquema corrupto, apenas ajudará o governo em suas tentativas de abafar os esquemas de corrupção com o dinheiro dos impostos tirados do povo.

  • Fora Arruda e Paulo Octávio!
  • Pela saída imediata de todos os deputados corruptos da Câmara Distrital !
  • Prisão dos corruptos!
  • Expropriação dos bens dos envolvidos e a devolução imediata do dinheiro roubado!
  • Convocação de eleições gerais já para o governo e para deputado distritais!

    Só um governo dos trabalhadores, apoiado e controlado por suas organizações, será capaz de por fim à corrupção do Estado capitalista.