Exército sionista mantém bloqueio sobre Nablus

Pelo segundo dia consecutivo, as tropas israelenses mantêm o bloqueio sobre os 60 mil habitantes de Nablus, a maior cidade da região ocidental. O administrador de Nablus advertiu que uma catástrofe vai atingir a população, caso o bloqueio continue.

O alerta do administrador é confirmado pelo repórter da BBC árabe. “Um desastre humanitário está acontecendo aqui na cidade de Nablus, devido às medidas de segurança impostas pelo exército israelense, que procura aterrorizar os civis. Estão faltando alimentos básicos e 70 palestinos foram presos“, informou o repórter.

O palestino Raja El Raian, de 17 anos, foi assassinado neste sábado, 27 de dezembro, quando soldados israelenses abriram fogo contra um grupo de alunos que retornava para casa, ao oeste da cidade de Nablus. Outros cinco jovens ficaram feridos. Houve vários enfrentamentos com grupos armados da Intifada nas ruas da cidade, onde soldados israelenses usaram civis palestinos como escudo para atravessar algumas ruas.

Fontes: radio BBC árabe (28-12-2003)