Estados brasileiros, províncias argentinas de amanhã?

Na Argentina, o Governo De La Rua, seguindo as ordens dos seus chefes, os banqueiros internacionais, deixou as províncias a pão e água. Sem dinheiro, quebradas, elas acabaram entrando em colapso. E a crise das províncias argentinas foi um dos estopins da crise que assola o país. De La Rua percebeu as conseqüências tarde demais. Os trabalhadores, desempregados, jovens e piqueteiros tomaram as ruas até conseguir a sua renúncia.
Para que esta crise econômica não ocorra no Brasil e sufoque os Estados, é preciso que Lula abandone o barco do FMI e dos banqueiros internacionais e coloque o país em um outro rumo.
Post author
Publication Date