Esquerda precisa romper com o governo,


A esquerda socialista não pode seguir atrelada ao governo. Precisa romper com ele, postular-se como uma oposição de esquerda, na defesa de um programa de ruptura e socialista.

defender um governo dos trabalhadores,

Levando em conta que a maioria dos trabalhadores confia em Lula e no PT, devemos todos denunciar a composição atual do governo, suas alianças e medidas. É preciso exigir que Lula e o PT expulsem os burgueses do governo e governem apoiados na mobilização dos trabalhadores e do povo, para aplicar um programa dos trabalhadores: ruptura imediata com o FMI e a Alca, não pagamento da dívida externa, emprego, salário e terra.

e unir-se em um novo partido

O PT, como instrumento da mobilização social por um projeto anti-imperialista e anti-capitalista, morreu. O PT é governo, aliado à burguesia, nos marcos do acordo com o FMI e das negociações para implementar a Alca.

É hora de unir a esquerda socialista e os movimentos sociais num novo partido. O primeiro passo pode ser a formação de uma frente, bloco ou movimento que possibilite a atuação conjunta nas lutas e o debate em torno de um programa revolucionário.

É hora de construirmos uma alternativa de massas, de esquerda, de luta, de classe, socialista em nosso país.

Post author Mariúcha Fontana,
da redação
Publication Date