Em São Luís teve fechamento de campus e passeata

Em São Luís (MA), o Dia Nacional de Luta começou pela manhã com uma manifestação em frente ao campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) na BR que dá acesso à cidade. Professores,estudantes e militantes de várias categorias participaram da atividade organizada pela Conlutas, CUT e CTB.

Muitos ativistas já se concentravam, desde a noite do dia anterior, próximo ao local da atividade para garantir a mobilização. O destaque foram os estudantes secundaristas do Colégio Universitário que também estudam no campus. Eles aderiram ao movimento e tiveram uma importante participação na manifestação, expressando a unidade da juventude com a classe trabalhadora.

A entrada do campus foi bloqueada pelos manifestantes e houve lentidão no trânsito. Os operários que trabalham na Vale e nas empreiteiras que prestam serviço à mineradora passaram de ônibus pelo local e receberam os boletins e panfletos. Recentemente, a empresa demitiu vários funcionários e quer, agora, reduzir direitos.

Da universidade, os manifestantes saíram em passeata até a Praça Deodoro, no centro da cidade. No caminho, falaram representantes de todas as centrais. Os ativistas cantavam palavras-de-ordem que afirmavam que os trabalhadores não vão pagar pela crise.