Em João Pessoa, o carnaval será marcado com lutas

Manifestação no aeroporto antecede folia de luta

Fórum Paraibano em Defesa da Previdência organiza o “Folia de Lutas”

O Fórum Paraibano em Defesa da Previdência – formado pela CSP-Conlutas, Intersindical, Frente Povo Sem Medo, Sinteenp, Sintect, ADUFPB, Sindifisco, SINTEFPB, Oposição SINTEP, Oposição SINTESPB, Oposição SINTRAMB, UJC, Movimento Espírito Lilás, gabinete da vereadora Sandra Marrocos (PSB), CA de Ciências Sociais/UFPB, PCB, PSOL e PSTU – está organizando o “Folia de Lutas”, um calendário de atividades que teve início no dia 5 e segue até o dia 19, Dia Nacional de Paralisações contra a Reforma da Previdência.

Na segunda-feira, dia 5, foi feito um piquete no aeroporto Castro Pinto, para falar com os deputados e senadores sobre a posição de cada um em relação à reforma da Previdência. Amanhã, dia 9, vai ser realizada uma panfletagem na central da CBTU, às 5h, para dialogar com os usuários do trem. À noite, o Fórum se junta ao bloco Corujas, organizado pela ADUFPB, que integra o Cafuçu, tradicional bloco de rua que sai sempre na sexta-feira que antecede o carnaval.

Hoje, dia 8, a militância do PSTU fará uma panfletagem na entrada da fábrica da Alpargatas, durante a troca de turno.

No dia 15, quinta-feira, será realizada uma panfletagem às 5h, no terminal rodoviário de integração. À tarde, a partir das 17h, a panfletagem unificada no Parque Solon de Lucena. Às 19h, será realizada a plenária do Fórum Paraibano em Defesa da Previdência para organizar as atividades do dia 19, Dia Nacional de Paralisações contra a Reforma da Previdência.

Divisionismo do PT, CUT e FBP
O PT, a CUT e a Frente Brasil Popular (FBP) foram convidados desde o início a integrar o Fórum Paraibano em Defesa da Previdência. Porém, até o momento não se propuseram a unificar a luta contra a reforma da Previdência. Isso é um erro muito grave, pois divide a luta na hora que o governo está cada vez mais fragilizado.

Buscando reverter esta situação, o Fórum elegeu uma comissão para ir conversar com o PT, a CUT e FBP e reforçar o convite a integrar o Fórum, que é um espaço de unidade entre todos aqueles querem barrar a reforma de Previdência e derrotar os ataques de Temer e a corja de deputados do Congresso Nacional.

Queremos que o PT, a CUT e a FBP se juntem ao Fórum Paraibano em Defesa da Previdência e participem da plenária unificada que vamos realizar no dia 15.