Em Cancún, protestos. Em Brasília, papelão da UNE

`Ativistas
Cerca de 30 mil ativistas protestaram em Cancún de 10 a 14 de setembro.
Ocorreram também atos no Brasil, em países da América Latina, Ásia, Europa e EUA.

`RafaelNo Brasil, a direção majoritária da UNE fez um papelão, com uma homenagem ao ministro Celso Amorim.
O ministro recebeu uma placa, com elogios por sua “defesa do Brasil”.
Detalhe: um dia antes, na entrega do abaixo-assinado pelo plebiscito oficial da Alca, a maioria da direção da UNE não estava presente.

Post author
Publication Date