Distrito Federal luta contra o aumento de passagens

As mobilizações redicalizadas contra o aumento das passagens em Florianópolis estão influenciando as lutas pelo país. Agora, os estudantes e a população estão se mobilizando no Distrito Federal contra as empresas de transporte que impõem aumentos abusivos para garantir seus lucros cada vez maiores.

Em junho, os empresários do transporte coletivo do Distrito Federal fizeram um acordo com o governo para aumentar as passagens em 37%. Temendo mobilizações contra esse aumento, o governo e os empresários resolveram deixar para julho a implementação do aumento, quando os estudantes estão em férias.

Mas, os estudantes não esperaram que isso se concretizasse e iniciaram no dia 24 uma jornada de lutas contra o aumento das passagens, pelo passe-livre para estudantes e desempregados e por um transporte coletivo público de qualidade.

No dia 24, diversas manifestações descentralizadas e simultâneas ocorreram em seis pontos da cidade, bloqueando as principais vias. Policiais militares sem identificação reprimiram e tentaram dispersar um grupo de manifestantes que ocupou o Eixo Monumental, a principal via da cidade. No final do dia, cerca de 500 manifestantes se encontraram na rodoviária e finalizaram os atos.

As manifestações devem continuar até o mês de julho e o objetivo é unificar as lutas com os trabalhadores.