Diretores da CUT-RJ impedem que trabalhadores dos Correios aprovem moção pela CPI

Nesta terça-feira, dia 24 de maio, os trabalhadores dos Correios no Rio de Janeiro realizaram sua assembléia geral. No ponto de conjuntura nacional, os militantes da Oposição Nacional e da Conlutas apresentaram uma proposta uma moção exigindo a instalação imediata da CPI dos Correios, após as diversas denúncias de esquemas de corrupção na estatal, sendo o principal dirigido pelo presidente do PTB, partido aliado de Lula.

Nenhum dos trabalhadores ecetistas, que sofrem o arrocho salarial da empresa e vêem pela tv a farra dos corruptos, apresentou opinião contrária. No entanto, Jayme Ramos, presidente da CUT-RJ e militante da Corrente Sindical Classista/PCdoB, e Darby Igayara, diretor de Imprensa da CUT-RJ e militante da Articulação Sindical não pensam assim. Darby fez uma intervenção contra a moção pela CPI dos Correios. Coniventes, os dois outros membros da Mesa, Ronaldo Leite e Marcos Sant’águida, ambos também do PCdoB, fizeram uma manobra burocrática e não submeteram a proposta da moção para votação da assembléia.

Esta é mais uma evidência do papel nefasto que cumpre a central chapa branca, em defesa do governo reformista e seus corruptos como Valdomiro Diniz, Henrique Meirelles, Romero Jucá.. e, agora, a quadrilha de corruptos da ECT formada pelo PTB, PMBD e PT.