Diante do Palácio, manifestantes exigem “Fora Tosos!”

Ao contornar o Congresso, a ironia deu o tom: “Uh! Uh! O Congresso virou Bangu!“Saindo da Esplanada dos Ministérios, os participantes da Marcha se dirigiram ao Palácio do Planalto. Durante todo o percurso, o número de manifestantes não parou de crescer. Trabalhadores e jovens de Brasília, empolgados pela disposição de luta dos manifestantes, pela criatividade expressa nas fantasias e bonecos e, acima de tudo, movidos pela indignação juntaram-se à passeata.

Ao chegar diante do Planalto, a Marcha parou por alguns minutos e, mesmo sabendo que Lula havia “escapado” para uma de suas populistas viagens, gritaram em uníssono: “Olé, Olé, Olé, Olá, Fora Lula, já!”.

“O chefe da quadrilha é presidente da nação”
Depois do Planalto, os manifestantes começaram a se dirigir ao Congresso, que foi contornado pela Marcha. Para se ter uma idéia do número de participantes, basta dizer que a passeata praticamente “abraçou” a sede da corrupção brasileira.

De lá de dentro, certamente os corruptos escutaram o sempre bem-humorado recado dos manifestantes: “Uh! Uh! O Congresso virou Bangu!” e “É ou não é, piada de salão, o chefe da quadrilha é o presidente da nação!”.

Em meio aos manifestantes, André Lopes, estudante de Geografia da UniSantana, em São Paulo, comentou o porque de sua participação: “Estou aqui pelo o que está acontecendo. A coisa nunca muda e nunca mudará através das urnas. Temos que colocar para fora não só Lula, mas também o Congresso. Estou achando esta manifestação muito bem organizada e isto é bom para demonstrar que é o povo que pode fazer a diferenças e mudar as coisas, não as eleições”.