Descontrolado, prefeito de São Paulo agride paciente em posto de saúde

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PFL), expulsou um idoso que protestava durante a inauguração de um posto de saúde, no dia 5 de fevereiro. Kassab perseguiu o homem, retirando-o aos empurrões e aos gritos de “Respeite os doentes, vagabundo!“.

Segundo o paciente agredido, ele estava no posto para ser atendido por um dentista, e o encontro com o prefeito foi uma coincidência. Ao encontrar Kassab, aproveitou para reclamar do atendimento.

Kassab, ao falar sobre o assunto, disse que “um cidadão vir dentro de uma unidade [de saúde] fazer uma manifestação é uma agressão à cidade”. Ele admitiu ter expulsado o idoso: “foi colocado pra fora, sim, e farei isso sempre que necessário dentro de uma unidade de saúde”. O prefeito chegou ao cúmulo de ameaçar processar o idoso.

O prefeito descontrolado – e cara-de-pau – disse não ter agredido o homem, embora as imagens mostrem o contrário. Uma semana antes, um vídeo mostrou o prefeito fazendo piada sobre o recente desastre do metrô em São Paulo e um motel localizado nas proximidades da tragédia.

  • Clique aqui para assistir ao vídeo (You Tube)
  • Clique aqui para assistir ao vídeo

    VEJA TAMBÉM:

  • Kasab faz piada com a tragédia do metrô