DCE da EMBAP protesta contra autoritarismo do governador Requião

Nota de repúdio

O Diretório Central dos Estudantes Guido Viaro da EMBAP – Escola de Música e Belas Artes do Paraná vem, através desta carta, declarar repúdio a posição autoritária e antidemocrática do Governador do Estado Roberto Requião em nomear Ana Maria Feijó para o cargo de diretora da instituição, desrespeitando a vontade da maioria da comunidade acadêmica.

No dia 31 de março fez 30 anos do golpe militar que iniciou uma ditadura no Brasil. E passados todos esses anos é uma vergonha que ainda existam as leis da Lista Tríplice e da proporcionalidade dos votos 70 para 30 para as instituições de ensino superior e mais absurdo ainda é que governos ditos “democráticos populares” se utilizem dessas leis, resquícios da ditadura, para seus interesses. Essas leis foram criadas justamente para fazer com que, o voto dos estudantes não tivesse peso nas escolhas de dos Reitores e Diretores das instituições de ensino superior e para, além disso, poder escolher independente da “consulta acadêmica” um interventor direto do governo.

Os estudantes da EMBAP não vão baixar a cabeça diante dessa atitude ditatorial do governo e lutaremos por mais liberdade de expressão, contra as perseguições a estudantes que ainda hoje acontecem e por uma educação gratuita, de qualidade e pública, assim como em décadas passadas os estudantes foram linha de frente no combate à ditadura militar!

  • Por voto paritário e fim da lista tríplice!

  • Por mais democracia nas instituições de ensino superior!

  • Queremos a renúncia da Diretora empossada por Requião!

  • Queremos educação de qualidade e não corte de verbas!

    DCE Guido Viaro – gestão Antídoto