Contagem regressiva para o Congresso da ANEL

Cartaz do Congresso

Faltam apenas poucos dias para o Congresso da ANEL! Estamos na contagem regressiva, e já são quase 1800 delegados eleitos em todo o Brasil! Delegações de Norte a Sul do Brasil já estão terminando as últimas eleições de delegados, organizando seus ônibus, arrecadando o dinheiro das taxas. Ao que tudo indica, será um grande Congresso.

Já temos diversas presenças internacionais confirmadas, como jovens da Espanha, Egito, Palestina, Argentina, Costa Rica, El Salvador, e muitos outros países! Além disso, a lista de palestrantes está excelente, com presenças de grandes intelectuais e importantes lutadores do movimento sindical e popular brasileiro. Teremos no nosso Congresso refletidas as principais lutas que vive hoje o nosso país, como “Somos Todos Bombeiros!” do Rio de Janeiro, a greve dos servidores das universidades federais e dos professores das redes de ensino estadual e municipal, além das últimas greves da construção civil e outras que já tiveram importantes vitórias. A batalha contra as opressões seguirá com força, a partir do enorme exemplo que demos com a Campanha “É hora da Virada contra a Homofobia!” e teremos diversos Painéis Temáticos, onde o estudante livre poderá escolher o tema que mais se identifica e ajudar a ANEL a elaborar seu Programa.

É no Congresso da ANEL, por fim, que realmente poderemos alavancar uma enorme Campanha Nacional contra o PNE do governo Dilma e pelos 10% do PIB já para a educação. Só num Congresso independente, democrático, aliado aos trabalhadores e realmente combativo que poderemos construir a luta contra todos os ataques que a Dilma sistematizou neste novo PNE, que está tramitando no Congresso Nacional. A UNE, que em eleições muito frias para o Congresso da UNE nas universidades não expressaram nenhum processo real de luta que está se desenvolvendo hoje, vai aplaudir de pé o PNE, dizer que os 10% do PIB pra educação podem vir só daqui a 10 anos e mais uma vez, demonstrar sua total falta de independência para defender o interesse estudantil.

É o Novo que Pede Passagem, para fortalecer o movimento estudantil livre! Isso significa agora, mais do que nunca, participar do 1º Congresso da ANEL, levando muitos estudantes para sacudir o país no próximo período e colocar os movimento estudantil lado a lado com os trabalhadores brasileiros em luta, construindo uma nova entidade: democrática, independente, combativa e livre!

Confira a programação do congresso

Dia 23 de Junho (Quinta-feira)

9h – 11h: Mesa de Abertura
Mediação: CEN, DCE UFRGS, DCE UFPA, DCE UFRJ, DCE UFRRJ, DCE UNESP.
Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – MST
Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES
Federação de Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras – FASUBRA
Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica- SINASEFE
Sindicato da Indústria da Construção Civil do Pará
Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará
Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos
Representante do Movimento dos Bombeiros/RJ

11h – 12h: Leitura e aprovação do Regimento Interno do Congresso

12h – 14h: Almoço

14h – 18h: Grupos de Discussão sobre Educação

18h – 20h: Jantar

20h – 22h: Palestra sobre educação
“Balanço das políticas educacionais e perspectivas para a Educação Brasileira”
Mediação: DA FAFIL FSA, DCE UNIFAP e DCE UFOPA.
Profª. Amanda Gurgel (Rede Estadual RN)
Prof. Valério Arcáry (CEFET/SP)
Prof. Nicolas Davies (UFF)
Prof. Otaviano Helene (USP)
22h : Atividades Culturais

Dia 24 de Junho (Sexta-feira)
7h- 9h : Café da Manhã

9h-12h: Mesa Internacional
Mediação: CACIS/UFBA e DCE UECE
Ativista Espanhol
Ativista Palestino (à confirmar)
Ativista Egípcio (à confirmar)
CSP-Conlutas
Clara Saraiva – Enviada da ANEL ao Egito

12h-14h : Almoço

14h-18h: Grupos de Discussão: ANEL: Concepção de Entidade e Trabalho de Base

18h – 20h: Jantar

20h: Festival Livre! Shows, oficinas culturais e DJ.

25 de Junho (Sábado)

7h – 9h : Café da Manhã

9h – 12h: Grupos de Discussão: ANEL contra toda a forma de Opressão

12h – 14h: Almoço

14h – 18h: Painéis Temáticos

1. Cultura e Mídia Independente
Mediação: CALET/UFPB
Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação – ENECOS
Gustavo Speridião – Artista
Prof. Wilson Silva – UNIBAN
Centro do Teatro do Oprimido
Caravana do Cordel
Cia Crônica de Teatro

2. Meio Ambiente
Mediação: DCE UEM
ASSIBAMA
Prof. Ruy Moreira – UFF
Prof. Dennis Ometo
COISA/MG
Thame Gomes- Mestranda de Biologia na UFBA

3. Transportes
Mediação: CA PSICO/USP e Grêmio CTU/JF
Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários de São Paulo
Movimento Pelo Passe Livre – MPL
Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Ceará
Grêmio do Rio de Janeiro

4. Violência e Legalização das Drogas
Mediação: CAELL/USP
Prof. João Claúdio – UFRRJ
Prof. Henrique Carneiro – USP
Prof. Miguel Malheiros – CSP -Conlutas/RJ
Movimento Terra Trabalho e Liberdade – MTL

5. Criminalização dos Movimentos Sociais
Mediação: DCE UFRJ
Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo – SINTUSP
Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – MST
Movimento dos Trabalhadores Sem Teto – MTST
Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB
Thiago “Tibita” – Preso Político no ato contra a presença de Obama no Brasil

6. Questão Agrária
Mediação: DCE UFRA
Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – MST
Movimento Terra Trabalho e Liberdade – MTL
Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil – FEAB

7. Esportes
Mediação: DCE UFRGS
Centro Acadêmico de Educação Física – UFG
Daniel Oliveira – Setorial de Movimento Popular/RJ
Pedro Silveira – CEN ANEL

8. Saúde
Mediação: DA ICB
Movimento Antimanicomial
Fernando Gullar – Conselheiro de Saúde/RJ
Setorial de Saúde da CSP-Conlutas

18h-20h – Jantar

20h – Festa Junina: Ato lúdico em defesa do casamento gay e da Pl 122 de criminalização da homofobia com um casamento de lésbicas numa quadrilha junina.

Dia 26 de Junho (Domingo)

7h-9h – Café da Manhã
9h-12h – Plenária Final do Congresso
Mediação: CEN

12h-14h – Almoço

14h-17h – Plenária Final do Congresso
Mediação: CEN
Retorno das delegações