Condutores de SP: Chapa apoiada pela CSP-Conlutas faz ato de lançamento

Ato ocorreu na quadro do Sindicato dos Metroviários de SP

Eleições ocorrem nos dias 28 e 29 de maio

Neste sábado (12), houve o lançamento da Chapa 3 “Renovação Com Lutas” para a eleição do Sindicato de Condutores de São Paulo (Sindmotorista) gestão 2018/2023. A atividade contou com mais de 600 trabalhadores, que compareceram à quadra dos Metroviários para dar apoio a essa chapa combativa.

Representações de entidades do movimento sindical, popular e estudantil participaram do lançamento. Com a palavra de ordem “Renovação chegou” os motoristas e trabalhadores do setor de ônibus da cidade mostraram disposição para a mudança.

Cinquenta e dois trabalhadores compõem a chapa, entre diretores e suplentes, que tem como característica ter representantes da base.

Queremos trazer o sindicato de volta para a mão dos trabalhadores”, salientou Marcos Antonio, presidente Chapa, durante a apresentação dos componentes da Chapa. O dirigente reafirmou a importância da atuação da CSP-Conlutas no processo eleitoral. “Faço um chamado aos companheiros de outras categorias, como metalúrgicos, químicos, entre outros segmentos que ajudem nesta campanha. Essa chapa é dos trabalhadores não tem o dedo e nem o dinheiro do patrão”, disse.

O coordenador da campanha da Chapa 3 pela CSP-Conlutas Altino Prazeres salientou as diferenças dos programas das chapas, destacando a autonomia e independência da Chapa 3. “Queremos uma eleição democrática onde o desejo da base seja respeitado, vamos fazer de tudo, do ponto de vista jurídico e político e não vamos baixar a cabeça, como os companheiros nas garagens não estão baixando a cabeça”, frisou.

Eleições 28 e 29 de maio
As eleições para o Sindmotorista acontecem nos dias 28 e 29 de maio e foram inscritas ainda as Chapas 1, da atual gestão, ligada à UGT, e a Chapa 4, composta por uma antiga direção do Sindicato.

O Sindicato de Motoristas e Trabalhadores em Transporte do Estado de São Paulo representa cerca de 50 mil trabalhadores, entre condutores, cobradores e funcionários da manutenção. É o maior sindicato da América Latina e sua atuação é estratégica para a cidade de São Paulo, por isso a importância dessa eleição.

O dirigente da CSP-Conlutas Luiz Carlos Prates, o Mancha, pontuou que a CSP-Conlutas vai entrar com toda a força nesta disputa que ocorre nos próximos 20 dias. “Para enfrentar o governo e os patrões precisamos de um sindicato forte e organizado dentro das garagens, e é preciso colocar para fora aqueles que estão do lado dos patrões e do governo. Pode contar com a nossa Central, pois vamos estar a postos para apoiar a Chapa 3”, destacou.