Chapa vence eleições dos comerciários de Erechim defendendo ruptura com a CUT

No dia 10 de abril, aconteceram as eleições para a diretoria do Sindicato dos Comerciários de Erechim, no norte do Rio Grande do Sul. A Conlutas participou do processo, apoiando a chapa da diretoria atual, que acabou vencendo as eleições contra uma chapa de oposição apoiada pelos patrões.

Uma das propostas da chapa era realizar a discussão sobre a reorganização do movimento na categoria. A nova diretoria defende a desfiliação da CUT e a adesão à Conlutas e irá ao CONAT, apesar de o sindicato ainda estar filiado à Central Única dos Trabalhadores.

Este sindicato, assim como o Passo Fundo e Santa Cruz do Sul, sempre foi vanguarda nas lutas da região. A Conlutas assumiu a tarefa de organizar a chapa, programa, campanha e tática para o processo, com a discussão explícita sobre oposição ao governo Lula, desfiliação da CUT, participação no CONAT e na Conlutas. Com esse debate lançado, a categoria foi às eleições e impôs uma derrota à central.

Diversas evidências apontam que a CUT apoiou a oposição patronal. Nos próximos episódios, certamente, a categoria decidirá avançar na luta, rompendo definitivamente os laços com a central governista e somando-se à construção de uma alternativa legítima da classe trabalhadora.