Chapa da Frente de Luta contra a Reforma Universitária vence eleição do DCE da UFG

Entre os dias 17 e 18 de junho, ocorreu a eleição para o DCE da Universidade Federal de Goiás. Duas chapas participaram do pleito: a chapa da Frente de Luta, composta por militantes e ativistas que constroem a Conlute e a Frente de Oposição de Esquerda das UNE; e a chapa da União Nacional dos Estudantes, defensora do governo Lula e de seu decreto neoliberal, o ReUni.

Com mais de 1.000 votos de diferença entre as chapas, o resultado da votação expressou a disposição dos estudantes de manterem o DCE firme na luta em defesa da Educação Pública, lutando contra o ReUni e construindo um novo movimento estudantil. Na gestão anterior, também construída pela Frente de Luta, o DCE impulsionou fortes mobilizações, sendo uma delas muito vitoriosa, que barrou os BGAs – Bacharelados em Grandes áreas, reformulação curricular prevista e imposta pelo decreto do governo federal.

Além disso, o DCE construiu uma das maiores calouradas da história do movimento estudantil da UFG, o que fez muitos calouros se aproximarem e virem construir o DCE.

Neste ano, muitos desafios seguem para o movimento estudantil combativo, desde a luta contra implementação do ReUni, até o avanço na organização do movimento estudantil. A chapa eleita está disposta a organizar essas lutas e debater a construção de uma nova entidade para o movimento, afinal, as lutas que ocorreram na UFG e em todo o país aconteceram por fora e contra a UNE. Se no ano passado, existisse uma articulação nacional forte entre todos os processos de mobilização que ocorreram, o movimento estudantil seguramente teria conquistado muito mais vitórias. Por isso, que a nova gestão tem a disposição de entrar com tudo nesse debate.