Centrais sindicais se solidarizam com a greve dos metroviários em São Paulo


Leia a nota divulgada pelas centrais em apoio à greve dos trabalhadores do Metrô

Nota das centrais sindicais brasileiras em solidariedade à greve dos metroviários
 
A categoria Metroviária de São Paulo encontra-se em seu terceiro dia de greve. Lutam por melhores condições de trabalho e melhorias no transporte público de nossa cidade.
 
Acompanhamos com atenção as tentativas de mediação já ocorridas, bem como o reflexo desse processo no cotidiano de nossa cidade e da vida desses próprios trabalhadores.
 
Frente a essa situação, registramos a nossa solidariedade à luta dessa categoria e solicitamos que, partindo das reivindicações dos metroviários, o Governador Geraldo Alckmin negocie imediatamente, e assim seja possível transpor o referido impasse.
 
Assinam as centrais sindicais brasileiras:
 
CUT – Vagner Freitas – presidente nacional
 
Força Sindical – Miguel Torres – presidente nacional
 
UGT – Ricardo Patah – presidente nacional
 
NCST – José Calixto Ramos – presidente nacional
 
CTB – Adilson Araujo – presidente nacional
 
CSP-Conlutas – Atnagoras Teixeira Lopes – coordenador nacional
 
CGTB – Ubiraci Dantas de Oliveria – presidente nacional
 
CSB – Antonio Neto – presidente nacional