Candidatos da Frente de Esquerda Socialista recebem apoio dos trabalhadores no Sul de Minas

Vanessa Portugal, em porta de fábrica no sul de minas

A Frente de Esquerda Socialista Minas apresentou nas cidades do Sul de Minas a candidatura ao Governo do Estado da professora Vanessa Portugal, do PSTU. Que recebeu o apoio dos trabalhadores da regiãoEx-dirigente do Sindicato dos trabalhadores em educação da Rede Municipal de ensino de Belo Horizonte, Vanessa é uma destacada ativista das lutas sindicais em Minas. No sul de Minas estiveram também os candidatos a deputado estadual pelo PSTU, Gilberto Gomes, o “Giba”, metalúrgico e dirigente da Federação Sindical e Democrática dos Metalúrgicos, e do ex-dirigente do Sindicato dos Bancários e advogado, Sebastião Carlos, o “Cacau”, candidato a deputado federal.

Na quarta, 09, os candidatos estiveram na cidade de Extrema. Nas principais fábricas metalúrgicas da cidade ressaltaram que neste ano os trabalhadores metalúrgicos irão enfrentar dois desafios importantes, a campanha salarial que começa já em setembro e a necessidade de votar em candidaturas operárias para apoiar as lutas dos trabalhadores e movimentos sociais organizados.

Às 10h, os candidatos se reuniram com trabalhadores em um bate papo no sindicato dos metalúrgicos, com apresentação das candidaturas para a imprensa local. A caravana seguiu a tarde passando pela cidade de Cambuí, chegando até Paraisópolis, onde escolheram as portaria da DELPHI (principal empresa metalúrgica da região) para conversar com os trabalhadores.

Vanesa destacou que “A luta por salários, emprego e terra passa também pela luta política. Os trabalhadores tem que dar um basta nos políticos corruptos do campo da burguesia: PT, PSDB,PFL etc”. Os candidatos reafirmaram também que “Lula governa para os ricos e que junto com os tucanos querem retirar direitos dos trabalhadores”. Vanessa disse também que “Alckmin e Lula se comprometeram a aplicar a reforma sindical e trabalhista contra os trabalhadores”.

Cacau por sua vez denunciou a tentativa de dividir a categoria metalúrgica da região, com a criação de um sindicato fantasma dirigido pela CUT e apoiado pelo governo e pêlos patrões, e chamou os trabalhadores a lutarem contra a divisão da categoria e fortalecer a CONLUTAS. Após seguiram para Itajubá finalizando o dia com a apresentação das candidaturas aos trabalhadores dos estabelecimento de saúde de Itajubá e Região.

Na quinta-feira Vanessa, Cacau e Giba acompanhados dos ativistas e simpatizantes da campanha, visitaram hospitais da cidade e juntos denunciaram a precariedade que trabalhadores da área de saúde são obrigado a conviver em seus locais de trabalho, denunciando também o sucateamento da saúde pública em Minas.

Também em Itajubá a caravana percorreu as principais fábricas metalúrgicas, como a IMBEL, Mahle, Areva, Fania, AFL e etc. No centro da cidade os trabalhadores demonstraram apoio as candidaturas operárias da Frente de Esquerda em Minas, reforçando a necessidade de votar em Heloísa Helena e não votar em mensaleiros e candidatos dos patrões, pois a batalha agora é para eleger candidatos comprometidos com as lutas dos trabalhadores. Por isso é preciso disputar os votos dos trabalhadores e seguir lutando para derrotar os candidatos dos banqueiros e patrões.

No final do dia realizou-se uma reunião com os candidatos e ativistas de campanha, e discutiu-se a necessidade da formação de um comitê de campanha na cidade, apoiando Heloísa Helena e os candidatos da Frente de Esquerda Socialista Minas.

  • Veja mais notícias em
    www.vanessaportugal.org.br