Campanha de Cyro cresce no Rio de Janeiro

Após dois meses de intensa campanha, a candidatura de Cyro Garcia a deputado federal pelo Rio de Janeiro representa, sem dúvida, a possibilidade concreta de eleição de um candidato socialista e de luta.

Foram realizadas diversas atividades no estado que demonstraram a receptividade da candidatura de Cyro. Mesmo antes do programa de TV o companheiro já era reconhecido nas ruas, universidades, escolas e, principalmente, nos bancos, onde dirigiu a luta da categoria por muitos anos.

Nesta reta final, a campanha, que já estava em ritmo acelerado, ganhou ainda mais pique. Além da capital, também mobilizou os companheiros de Niterói, Baixada Fluminense, Volta Redonda, Região dos Lagos, entre outras. Sempre com a presença da candidata a senadora pelo PSTU, Dayse Oliveira, e dos candidatos a deputado estadual.

Além da distribuição de panfletos, em todas as cidades foram realizadas reuniões com militantes e simpatizantes da candidatura de Cyro, que foram unânimes em falar sobre a necessidade de eleger um candidato que de fato defenda os interesses da classe trabalhadora, aposentados e da juventude, contra a política neoliberal do governo Lula ou de Alckmin.

“É uma campanha diferente das outras, porque de fato temos condições de eleger. Sabemos que não é fácil. Estamos disputando com campanhas milionárias, mas a nossa militância tem demonstrando muita garra e está consciente de que nossa vitória depende da participação de todos que acreditam que a nossa eleição é um passo importante para avançarmos na luta e organização dos trabalhadores “, disse Cyro.

Emoção
A fadiga de horas de viagens, noites mal dormidas e participação em diversas atividades no mesmo dia é compensada pelo reconhecimento de pessoas que acompanham a trajetória de Cyro, seja como dirigente bancário, seja durante o período em que foi deputado federal.

Em uma reunião com ativistas em Macaé, um deles chorou ao se encontrar com Cyro. Em Copacabana, durante uma panfletagem, um aposentado reconheceu Cyro e disse que desde a época de bancário acompanha a militância do candidato do PSTU. Para provar que estava falando a verdade, puxou a carteira e mostrou um papel com o nome de seus candidatos: para deputado federal Cyro Garcia 1616, presidente Heloísa Helena e senadora Dayse Oliveira 161. Dessa vez, foi Cyro que se emocionou com a declaração de apoio.

Esses são apenas alguns casos. No dia-a-dia da campanha surgem muitos e muitos outros, refletindo a história de mais de 25 anos de militância.

Presença
A campanha do PSTU no Rio também ganha destaque por sua diversidade. A distribuição de panfletos é feita em toda parte. Durante a semana se concentra em pontos fixos no centro da cidade e, é claro, nos locais de trabalho, como bancos e empresas estatais, cujos trabalhadores vivem constantes ameaças de perder seus direitos, escolas, hospitais e universidades.

Nos finais de semana, tem panfletagem nos bairros, nas praias e nos principais cartões postais da cidade.

Mas a campanha não pára por aí. Tem também samba de roda em casa de companheiros para ajudar na campanha, feijoada organizada pela juventude e as tradicionais festas do partido, que contam com grande participação de simpatizantes à candidatura de Cyro.

Como parte da propaganda, dois companheiros compuseram um samba para a campanha do Cyro. Outra novidade é um balão com o nome e o número dos principais candidatos do PSTU, usado nas grandes atividades.

Com muita criatividade e disposição da militância e dos apoiadores, a campanha de Cyro Garcia segue comprovando que é possível, viável e necessário construir uma alternativa para o país nas lutas e nas eleições.