Caminhada reúne mais de 500 no Recife

Heloísa Helena esteve no Recife no dia 29. Pela manhã, houve uma caminhada na comunidade de pescadores na Ilha de Deus, e na parte da tarde uma caminhada pela principal avenida da cidade, com cerca de 600 pessoas, encerrada com um ato público na Praça do Carmo, local escolhido para fazer uma homenagem a Zumbi dos Palmares. Nesta praça, o líder negro teve sua cabeça cortada e pendurada.

Durante a caminhada falaram os candidatos a deputado de todos os partidos da frente e, no final do ato, os candidatos a senador do PSTU e do PSOL e os candidatos a governador do PSOL, Edílson Silva, e do PSTU, Kátia Telles. Heloísa encerrou o ato.

Hélio Cabral, candidato ao Senado pelo PSTU, destacou em sua intervenção a luta dos portuários pernambucanos, que batalham contra as demissões provocadas pelo governo Jarbas e pelos direitos do trabalho avulso. Também ressaltou a luta contra as demissões da FUNESO, faculdade do município de Olinda. Nesta cidade, a prefeita Luciana Santos (PCdoB) está promovendo a demissão de 40 professores. Hélio propôs que a candidatura de Heloísa defenda os trabalhadores do porto e da FUNESO.
Kátia Telles denunciou o governo Lula, que representa a continuidade do projeto neoliberal de FHC, e também destacou o governo Jarbas Vasconcellos como promotor do desenvolvimento para as oligarquias e as empreiteiras do Estado.

Heloísa encerrou o ato afirmando que a frente possibilita a aglutinação das centenas de militantes socialistas que não se renderam à desmoralização e corrupção do governo Lula.

No início da noite, dezenas de militantes compareceram à inauguração do comitê de Hélio Cabral, com cerveja gelada e música ao vivo.

Post author David Cavalcante, do Recife (PE)
Publication Date