Bombeiros voltam a acampar na Alerj

Após ato em que exigiram anistia aos 439, bombeiros voltaram a ocupar as escadarias da ALERJApós ato que reuniu mais de 500 pessoas e contou com a solidariedade de outras categorias de servidores do estado, como profissionais de educação, trabalhadores da saúde, servidores da UERJ e outros, os bombeiros do Rio decidiram voltar a acampar nas escadarias da Alerj.

O PSTU esteve mais uma vez presente com a sua militância. Cyro Garcia, presidente do partido no RJ, e Gualberto Tinoco “Pitéu” estiveram presentes ao ato. Segundo Cyro, “as principais exigências são a anistia imediata e irrestrita a todos 439 presos, nenhuma perseguição aos trabalhadores em luta, reajuste salarial imediato e fim da política de abono”. Os bombeiros programam outra caminhada para o dia 26, com concentração a partir das 9h, no Castelinho do Flamengo.

O calendário de lutas segue nessa sexta-feira (17/06) com a marcha da educação, que entra na terceira semana de greve. A marcha terá concentração às 10h na Igreja da Candelária e seguirá em direção à Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG). Para Vera Nepomuceno, Coordenadora-geral do SEPE/RJ, “será mais uma tentativa da categoria estabelecer um canal de negociação com o governo Cabral, apesar deste continuar se recusando a atender às reivindicações”.

  • Confira as fotos do ato