Ato em São Paulo marcará Dia contra Violência à Mulher

No próximo sábado, 29 de novembro, o Movimento Mulheres em Luta da Conlutas fará, em São Paulo, um ato contra a violência sofrida pelas mulheres. A atividade marca o Dia Internacional de Combate à Violência contra as Mulheres, 25 de novembro.

Ao longo deste ano, assistiu-se a um agravamento das agressões contra as mulheres. Em outubro, o assassinato da jovem Eloá, em Santo André (SP), comoveu o país. Na mesma época, uma adolescente foi morta pelo ex-namorado em Sorocaba, interior paulista. No Paraná, duas meninas foram violentadas e assassinadas em novembro.

Estes são apenas alguns casos que se tornam públicos. Só no Recife, por exemplo, 208 mulheres foram mortas este ano. Isso para falar apenas de casos extremos em que mulheres perdem suas vidas. No dia-a-dia, agressões físicas e morais são parte da rotina de muitas. Estatísticas dão conta de que a cada 15 segundos uma mulher sofre violência no mundo.

Por tudo isso, o dia 25 de novembro tem de ser marcado por gritos de protestos em todo o planeta. Não bastam belos discursos e leis, como a Lei Maria da Penha no Brasil, sem investimentos em segurança e em áreas sociais para garantir a independência das mulheres e coibir a violência contra elas.

O ato de São Paulo será no sábado, 29 de novembro, na Praça Oswaldo Cruz, a partir das 10h. Se você tem informações sobre outras atividades e conhece histórias de mulheres que sofreram violência, envie para [email protected]

  • Baixe o Boletim do Movimento Mulheres em Luta