Articulação tenta golpe em eleições da Apeoesp

Apesar da vitória nas eleições da Apeoesp, Articulação tenta dar um golpe e derrubar vitória esmagadora da oposição na região Sudeste-Centro da capitalNesta quinta-feira, 09/06 ocorreram as eleições para Presidência e Conselho de Representantes da APEOESP, sindicato dos professores estaduais.

Assim como na capital e grande São Paulo, também na região sudeste-centro, uma das 92 subsedes da entidade, a categoria não só votou majoritariamente na oposição como garantiu a conquista da direção da subsede pela chapa oposicionista – Oposição Unificada – Chapa 2.

Na região, a rejeição da categoria à política implementada pela Articulação Sindical – Chapa 1 (atrelamento ao governo Lula, submissão aos projetos/ataques do governo Alckmin, como a farsa da “evolução não-acadêmica”), foi tão significativa que o presidente reeleito da entidade, Carlos Ramiro, Carlão, não conseguiu sequer ser eleito na sua base ao Conselho Estadual de Representantes. Uma derrota desmoralizante demais (além da perda de um dos seus últimos redutos), que a Articulação não está disposta a encarar.

Por isso, apesar da lisura e transparência no processo de apuração sem a ocorrência de nenhum fato, a Articulação – Chapa 1 está pedindo a recontagem dos votos, especialmente os votos do Carlão, numa situação onde as urnas encontram-se sem lacres, numa sala facilmente violável, dentro da subsede onde somente esse grupamento possui a chave. Uma tentativa clara de adulterar a expressão da vontade da maioria da categoria.

Não vamos permitir esta fraude. Denuncie, passe a frente esta notícia na sua escola, no seu local de trabalho, no seu bairro, no seu sindicato. Segue abaixo a ata com a totalização dos votos e assinatura da comissão eleitoral.

  • Veja o resultado das eleições na região Sudeste-Centro, da capital.

    Chapa 1 – 40,70%
    Chapa 2 – 45,89%
    Chapa 3 – 1,57%
    Chapa 4 – 1,33%
    Chapa 5 – 4,83%
    Chapa 6 – 1,21%